About Me

Minha foto
'Quem se define, se limita' não é?
Feeds RSS
Feeds RSS

terça-feira, 9 de março de 2010

Trotes de Universidades

Olá pessoal! Como estão?
O colégio tá corrido, estão exigindo muito da gente e como se não bastasse, nós também exigimos muito de nós mesma, porque o curso que queremos não é fácil de passar, porque queremos ser mais inteligentes e nada a ver passar o terceiro ano nas coxas, certo? Certo.

Tivemos aula de redação hoje (tá, e quem se importa?), e a professora passou uma proposta, fazer uma redação sobre os trotes de vestibular, podia ser narrativa ou dissertativa, como eu fiz uma narrativa para ela, decidi fazer uma dissertação aqui. :D



Mais um ano começou para inúmeras universidades no Brasil inteiro, alunos voltando às aulas, calouros chegando, e a recepção para eles é ainda melhor:
trotes violentos.
A maioria das universidades permitem que os 'veteranos' realizem trotes nos calouros, com a condição de que eles não sejam violentos e de que só participem as pessoas que realmente quiserem participar. Infelizmente, em algumas univ ersidades, essas condições são aceitas em partes, o aluno que não quiser participar, não participa, mas sofre uma super pressão do grupo de veteranos para participar, porque para eles, quanto mais gente, melhor. O problema é que isso acaba resultando em graves machucados, perda de membros ou até a morte, como a do estudante Edison Tsung Chi Hsueh, que morreu afogado porque outros estudantes não acreditaram que ele não sabia nadar e o jogaram na piscina.
E é isso, mergulhar sem saber nadar, flexões em piscinas de lamas, ingerir substâncias não comestíveis ou desconhecidas, ou levar um balde de substâncias que podem ser tóxicas são os atos mais frequentes, mas, no entanto, não são atitudes que um futuro profissional, em qualquer área deveria ter, mesmo que na hora pareça brincadeira, para quem recebe o trote não é brincadeira, tanto que alguns calouros denunciam as universidades, e é o que vemos nos noticiários todo mês de fevereiro e março, os absurdos que acontecem nos trotes.
É claro que hoje em dia já temos um pleno conhecimento do que acontecem nesses trotes, de gente que nos contou, do que passou na televisão e etc., mas se ain da tiver alguém que queira participar, à vontade, mas eu já aviso: vou ser
o cuzão a chata da sala, mas de trote eu não participo! E sem mais! :D


Obrigada ;*

2 comments:

Karla Sapelli disse...

nossa, isso é realmente mto sério e deveria ser repensado, mas na hora tudo é festa e só depois que percebemos as consequências dos nossos atos! tá aí, é boa discussão a ser feita :*

Pâmela disse...

Acho trote uma coisa legal, quando não se usa violencia e é feito somente em quem deseja, mas não é bem assim que funciona... enfim, ainda tenho que pensar em como fazer o meu texto.
KSPOAKPOSKAPOKSPAOKSPOAKPOSKAPOKSPAOKSPOAKSA

Postar um comentário